sexta-feira, 1 de março de 2019

CLÁSSICOS DO BLUES LOST IN THE JUNGLE (Andrew Blueblood Macmahon)




Em suma, a música expõe como o sujeito repelido pela frieza da (sociedade Americana no seu apogeu preconceituoso e segregado)acabava fadado à marginalidade e a um irremediável e absoluto estado de auto abandono.

Muitos Afro Americanos Sobretudo viam-se imersos à rigidez e a brutalidade das grandes metrópoles como New York , Chicago , Los Angeles , em muitos casos atraídos pela esperança de vida melhor logo sobrepujada pela frustração resultante da falta de oportunidades gerada por uma sociedade extremamente preconceituosa vivendo o seu ápice de segregação racial.

Lost In The Jungle de Macmahon , por um longo período baixista da Wolfgang ,banda de Howlin' Wolf foi anexada no lp Blues Colossal (Show que contou com a participação de importantes expoentes do estilo) como Sunnyland Slim, Mack Simmons,Willie Williams , gravado no final dos anos cinquenta, embora  Lost in the Jungle tenha sido incluída na época em que foi gravada assim como o disco Blues Colossal com as gravações então agregadas em 1971.

Lost In The Jungle é uma das muitas canções de blues que se oponha ao regime extremamente racista da sociedade Norte Americana enfraquecido e amenizado diante de tantos protestos somente décadas depois.




REVERENDO RUBIN LACEY (RUBE LACY ,RUBE LACEY )





(2 de janeiro de 1901,Pelahatchie, Mississippi - 14 de novembro de 1969,Lancaster, Califórnia )

LACY aprendeu a tocar guitarra em sua adolescência de um artista mais velho, George Hendrix.


Trabalhando fora da área de Jackson no Delta do Mississippi , ele se tornou um dos cantores de blues mais populares do estado.
Seu estilo de tocar(Bottleneck guitar) inspirou grandes mitos do blues como SON HOUSE.

No fim da década de vinte ele gravou em Memphis , Tennessee, quatro canções pela Columbia Records que jamais foram lançadas.

Não obstante , duas canções constituem seu legado gravado.
Ambas foram emitidas pela gravadora Paramount em 1928, a saber:
"Mississippi Jail House Groan" e "Ham Hound Crave".

Quatro anos depois ele se tornou um ministro religioso(Reverendo).

Mais tarde,LACY foi encontrado morando em Lancaster, Califórnia , pelo pesquisador David Evans, que o gravou com sua congregação.

RUBIN LACEY morreu em 14 de novembro de 1969 em Lancaster, Califórnia .




A OBSCURA HISTÓRIA DO BLUESMAN IKE ZIMERMMAM E ROBERT JOHNSON






Izaiah Ike Zimmermam
Nasceu em 27 de Abril de 1907, Grady, Mississippi 
Foi um cantor, compositor e guitarrista de blues americano e mentor do lendário músico de blues Robert Johnson. 

Zimmermam casou-se na década de 1920, com  Ruth Sellers Zimmermam, que veio de Montgomery, perto de sua cidade natal. 
Ele morava com ela e sua família, consistindo de um filho e seis filhas, em uma pequena casa perto de Hazlehurst, Mississippi. Lá ele praticou sua gaita e seu violão. Ele costumava tocar até tarde da noite e, para não perturbar sua família e poder fazer música em paz, frequentemente ia para os cemitérios vizinhos. 

Como músico, Zimmermam costumava tocar em bares da região, mas também dava aulas de violão e era considerado bom e motivador.

Certa noite, Zimmermam conheceu o jovem Robert Johnson, que foi a Hazlehurst procurar o pai. Johnson pediu a ele que lhe ensinasse sua técnica de violão. Zimmermam que gostava muito  do jovem, consentiu, então Johnson foi morar com a família. Ele viveu bem e logo recebeu o apelido de RL dos filhos de Ike. Ali  Zimmermam contribuiu com sua técnica especial de Bottleneck (slide). 

Os dois brincavam como Ike antes, muitas vezes à noite nas pedras dos cemitérios e fundaram os últimos clássicos de Johnson. 

Depois de completar seu treinamento com Zimmermam e voltar para casa, Robert Johnson tocou seu violão tão brilhantemente após seu treinamento relativamento curto que o mito veio de vender sua alma ao demônio tão rapidamente para se tornar tão bom. 

Embora Zimmermam fosse considerado um grande talento musical, nunca gravou um disco.
Com o avanço da idade, ele até deixou o blues na década de 1950, assim como outros músicos de blues como Son House, tornou-se pastor e interpretou os evangelhos e os spirituals.
 Ike morreu em 3 de Agosto de 1967 de um ataque cardíaco em Compton, California.



terça-feira, 12 de fevereiro de 2019

GOLDEN BIG WHEELER (Golden Wheeler)




(15 dezembro de 1929, Baconton,Georgia - 20 de julho de 1998, Chicago, Illinois )

Estabeleceu-se em Chicago nos anos quarenta e no começo dos anos cinquenta fez amizade com LITTLE WALTER .
O entusiasmo para tocar Harmonica tornou-se ainda mais intenso enquanto trabalhava como motorista de Taxi.
E isso foi favorecido por um de seus clientes , o gaitista : BUSTER BROWN que posteriormente gravou um disco de sucesso sobretudo com a faixa Fannie Mae (1960).

Ainda nos anos cinquenta , Wheeler já liderava sua própria banda de modo parcial pois paralelamente se sustentava como mecânico de autos.

Na década de setenta, teve faixas suas anexadas no disco LOW BLOWS AN ANTHOLOGY OF CHICAGO que contava com as participações de BIG LEON BROOKS, CAREY BELL, BIG WALTER HORTON, EASY BABY, GOOD ROCKIN CHARLES entre outros.

Décadas depois , gravou discos pela Delmark e Wolf Records. Pela Delmark foram os ótimos BONE ORCHARD e JUMP IN .
Pela Wolf gravou um disco que dividiu faixas com o gaitista A.C.Reed (Chicago Blues Session Vol 14 e Chicago Blues Session Vol 2 (Uma antologia com gaitístas).
Depois de suas relevantes contribuições para o Blues, sobretudo o Blues de Chicago, WHEELER morreu de insuficiência cardíaca em julho de 1998 aos 68 anos de idade.

sábado, 9 de fevereiro de 2019

LUCILLE SPANN





( Bolton, Mississippi , 2 de agosto de 1938 - 2 de agosto de 1994)

Uma das maiores cantoras de Blues, não tão conhecida como KOKO TAYLOR, BIG MAMA THORNTON ou BONNIE LEE mas tão talentosa e competente quanto .
Visceral, de uma entrega absoluta, LUCILLE se encaixa perfeitamente na descrição da cantora RUTH BROWN exibida no vídeo Blues Alive 1990: '' O Cantor ou cantora de Blues não canta apenas a sua dor ,  quer dizer algo IMPORTANTE ao mundo!"


Quando muito jovem , proibida de ouvir Blues , Lucille Cantava Gospel. Ainda assim, ela desenvolveu apreço pela música de BESSIE SMITH, T.BONE WALKER entre outros.
Mudando-se para Chicago, a cantora conheceu o pianista OTIS SPANN com que formou uma parceria musical , casando-se pouco depois com o músico.
Assim, durante os anos sessenta e setenta fez parte da cena do Blues de Chicago.

Ela gravou com a gravadora da cantora VICTORIA SPIVEY (Spivey Records)ao lado de músicos associados a MUDDY WATERS , Luther Johnson , Sammy Lawhorn , Paul Oscher , Pee Wee Madison , SP Leary e Willie Smith.

Após a morte de Otis Spann em 1970, ela continuou cantando, fazendo gravações com Mighty Joe Young .
Participou do notório festival de Blues de Ann Arbor dedicado a O.SPANN em 1972 com uma apresentação antológica extremamente emotiva , marca da cantora.

Lucille gravou apenas um álbum,Cry Before I Go (1974) e dois singles anexados posteriormente ao álbum: WHAT YOU DO TO YOUR WOMAN e COUNTRY GIRL RETURNS partes 1 e 2.
O Álbum Last Call Live at The Boston de Otis Spann tem cinco faixas gravadas ao vivo com a cantora , a saber :
Country Girl, Chains Of Love, My Baby, I Wonder Why e My Man.

Lucille morreu em 1994 de causas não divulgadas.



terça-feira, 29 de janeiro de 2019

BREWER PHILLIPS - O grande guitarrista dos Houserockers ,banda de Hound Dog Taylor




Além do talento incontestável de Hound Dog Taylor , sua cozinha : A banda Houserockers , constituída de Brewer Phillips ,guitarra e Ted Harvey , bateria explica o sucesso da Banda no começo da década de 1970.

O Blues contagiante dos Houserockers chamou a atenção do então funcionário da Delmark Records,Bruce Iglauer que diante da recusa da direção da gravadora , dispondo dos próprios recursos fundou a hoje reputadíssima Alligator Records lançando simultaneamente o primeiro e exclusivo artista da gravadora: Hound Dog Taylor.


Ademais, a razão da ausência de um baixista na banda se deveu a extrema competência de Phillips e Taylor como guitarristas que se revesavam no solos e nas bases das canções.
O ''Som Sujo'' das guitarras longe de comprometer a musicalidade era antes um '' charme '' uma especie de assinatura (Marca) dos Houserockers.

Embora o fato careça de fontes, Brewer muito provavelmente foi influenciado por Elmore James e outro discípulo do músico :J.B.Hutto. Tratava-se de um artista fantástico da guitarra, com solos muito bem trabalhados, bends e slides fantásticos , observados na maioria das faixas instrumentais gravadas pela banda.

Após a morte de Taylor em 1975, Phillips e Harvey uniram-se a J.B.Hutto numa nova formação dos Houserockers acrescida apenas da figura de Hutto como novo líder.


Posteriormente , Brewer gravou pelo menos mais três albuns em seu nome , (Whole Lotta Blues (JSP Records) Homebrew (Delmark Records, 1996)Well Alright (Black Rose, 2008)
apresentando -se em festivais e eventos relacionados ao blues.

Ele morreu de causas naturais em Chicago em agosto de 1999, aos 74 anos de idade.



sábado, 19 de janeiro de 2019

GÍRIAS NO BLUES (HOBO - Terceira Parte)


O Termo '' Hobo" aparece em muitas canções de ícones do estilo.
Entre estas , podemos citar '' Outdoor Blues '' com a lendária Memphis Minnie . Também na clássica '' Evil '' com Howlin' Wolf , '' Hobo Blues '' com o incomparável John Lee Hooker .
E em outras músicas de pioneiros do Blues como '' King Solomon Hill'' e '' Bessie Smith '' Respectivamente com os temas:
'' The Gone Dead Train'' e '' Young Woman's Blues'' .

"Hobo" é uma expressão , que assim como outros trocadilhos que aparecem em letras do gênero , pode ter várias conotações e significados dependendo do contexto em que é empregada.

Entre as variações de significados para '' Hobo " estão:

1 - Passageiro clandestino de trem de carga.

2- Derivado de ''hoe-boy'' garoto da enxada procurando por uma nova fazenda para trabalho.

3- Homem Sem teto, vagabundo, andarilho.

4 - Trabalhador Imigrante.

Assim , a riqueza encontrada em suas metáforas, fazem do blues um gênero ímpar e um dos mais expressivos.